Corrupção não é brincadeira

A matéria é sobre como conversar sobre corrupção com os pequenos. Tema sempre atual e urgente de diálogos e debate.

“Já que, atualmente, assuntos como impeachment e corrupção não saem da mídia, os pequenos também precisam entender o que está acontecendo no nosso país.

É positivo aproveitar esse momento para conversar sobre ética e valores como honestidade. O ideal é buscarmos relacionar corrupção com atitudes do cotidiano para que a criança possa compreender. Corrupção é querer levar vantagem prejudicando outra pessoa para se beneficiar, pegar algo que não é seu sem o consentimento do outro (como um brinquedo ou merenda do amiguinho), burlar leis e regras (regras da escola: pescar na prova, ou mesmo, as regras estabelecidas em casa).

É importante que além de orientar a criança, a família dê o exemplo. Criança aprende pelo exemplo.

Lembrem que o adulto ocupa posição de referência para criança. Se ele age de forma corrupta – furando fila, estacionando em vaga de idoso, dentre outras atitudes – estará ensinando a criança a agir da mesma forma.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *